segunda-feira, 24 de março de 2008

MADAMINHA CONVIDA tia Isabel para um papo sério

Nesta coluna do blog a gatinha Madaminha Curie convida vários humanos para muitos tipos de papos.
Hoje com vocês a humana de estimação da nossa querida Sarita Malagueta, Isabel Barnetche.

Depois de uma "conversa virtual" com a Dora onde falávamos sobre o BLOG DA TROPINHA,surgiu a idéia de contribuir com alguns assuntos
que fossem de interesse para o pessoal apaixonado por animais.Cumprimentos a ela por essa iniciativa.
Bem, o "cardápio de assuntos" é extenso, variado;mas principalmente recheado de impressões impactantes sobre aquilo que presenciamos
no cotidiano da vida nas cidades.Às vezes, deixamos passar fatos que por acontecerem com tanta freqüência acabam não nos abalando tanto quanto
seria desejável.
Sobre os maus tratos aos animais, existem alguns focos que são importantíssimos examinar:a questão dos circos, a castração e vacinação levadas
à sociedade como política pública de saúde, e as carroças (este, um assunto bem grave aqui em Porto Alegre).
Em janeiro deste ano de 2008, passei por uma situação que me apavorou:durante o veraneio, costumo sair com minha mãe todas as tardes de uma praia à outra, onde percorro cerca de 20 km.Sempre, nessa rotina, saímos com ração , água e comida no carro para agraciar os cães de rua entre as praias.Pois bem, como de
costume, saímos da praia de Xangrilá, passando por Atlântida rumo à Capão da Canoa.Neste percurso sempre encontramos os cães nos canteiros centrais das
largas avenidas ou próximos aos mercados e bancas de compras.Há grupos de 6, 10 cães, convivendo e dividindo a difícil e sofrida existência de cães abandonados.
Todas as tardes, encontrávamos pelo menos 4 grupos desses, que com os rabos a abanar de alívio e alegria recebiam com festa a abençoada dádiva de um grande pote com água e alimento.Na metade de janeiro, chegando em Capão da Canoa, uma barulheira ensurdecedora:caminhões-jaula anunciando as "atrações vivas" do circo que chegava.Nas jaulas, a patética e triste imagem do elefante em repetitivo movimento balançante e alienado; o leão, que de magro e deprimido mais parece um "mendigo da selva" a nos mostrar em pele e osso a miséria dos humanos.Cena revoltante!
Já no dia seguinte, partimos novamente no "mutirão fome-zero" da cachorrada, agora c/ mais uma vizinha engajada na causa.
Choque! Mais da metade dos cães que encontrávamos todos os dias, havia sumido. Dois dias depois desse, mais nehum.
É sabido que animais de circo precisam comer.Ninguém nega essa necessidade.Mas... e o sumiço dos cães?
E o caminhão da prefeitura estacionado no mesmo terreno (agora com grande portão fechado) onde os circences se alojaram ?
Não é possível manter essa situação.Isso não terá fim enquanto não nos mobilizarmos, enquanto continuarmos a assistir a esse espetáculo imoral, enquanto não houverem políticas públicas de castração e proteção aos animais.

O Que Fazer

Você tomou conhecimento que um circo com animais está ou irá se instalar em sua cidade ou próximo à sua residência:

- NÃO vá a circos que usem animais em seus espetáculos;

- Conscientize as pessoas a não irem a circo com essas características;

- Imprima panfletos educacionais e distribua o máximo que puder: Clique Aqui;

- Denuncie, chame a polícia e faça um TC (cite o Art. 32 da Lei Federal de Crimes Ambientais 9.605/98) onde há lei que proíba. Caso essa lei não exista em seu município, pressione os políticos a promulgá-la. Recolha uma lista de assinaturas em papel com nome, endereço e RG, e entregue-o à Câmara dos Vereadores.

- Fotografe e/ou filme os animais durante o treinamento, nos locais em que ficam alojados, durante e após a apresentação - provas e documentos são fundamentais para combater transgressões.

Leia também :

http://www.tribunaanimal.com/animais_circo.htm

http://www.aspaan.org.br/materias_02.php

Aproveito para anexar a petição abaixo.Nossa atuação é urgente e imprescindível.

3 comentários:

Fabiana disse...

Achei muito interessante essa matéria q fala sobre os animaizinhos abandonados e maus tratos!! Se todos se concientizassem e fizessem algo por eles com certeza nossos amiguinhos estariam em melhores condições de saúde e mais felizes!! Parabéns!! Beijo grande

Brian disse...

aqui em Santa Maria ñ pode vir circo c/ animais... é proibido!!

Boris disse...

Adorei a reportagem! Se todos lessem...